segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

a culpa é delas, não minha.

A culpa é delas, sempre delas! Tento dominá-las e acabo dominada. Adoro-as, beijam-me e ferem-me... odeio-as! São tudo e tão pouco, grandiosas e insignificantes. Mas são as culpadas, são sempre elas as culpadas. De tudo e de nada, sempre. Tento juntá-las, tento, tento, volto a tentar... canso-me, por fim. Não as consigo vencer, junto-me a elas. Rendo-me de cada vez que as tento dominar, rendo-me sempre, sempre que as conjugo e não obedecem. Rendida, é exactamente assim que me sinto... rendida! Por muito que as conheça... às palavras. Sim, às palavras... conheço-as como as palmas das minhas mãos. Não querem sair, não se deixam envolver nas linhas que tento escrever, vezes e vezes sem conta. Escrevo, apago, escrevo, apago... que raio de ciclo vicioso! Há dias que ando nisto, tento e volto a tentar, não consigo. A doença, essa, chamo-lhe problema de expressão... Escrever? Não tenho conseguido... não consigo, simplesmente.

Tenho um problema de expressão...
...e a culpa é delas!

5 comentários:

bu disse...

isso tambem me tem acontecido-.-

filipa disse...

Diagnóstico: para quem tem problemas de expressão, tu sais-te muito bem com as palavras... podes pedir segunda opinião, mas penso que a tua doença não tem nada a ver com isso.

Beijinhos

Salto-Alto disse...

Sinceramente, não vi aqui nenhum problema de expressão! Gostei muito do texto e identifiquei-me muito com ele. às vezes custa é começar!

Sarah disse...

Não me parece que sofras deste problema :) O que acontece é que, muitas e muitas vezes, cansamo-nos delas e elas de nós. Quando isso acontece, escreve-se com o coração.

:)

Afonso disse...

Quando disse... "E eu respeito a opinião alheia, mas talvez não perceba muito bem quando chego à conclusão de que a opinião alheia se baseia em "argumentos hormonais", provavelmente expressei-me mal, e aí assumo o meu erro. O que queria no fundo dizer é que não entendo quando os argumentos são apenas e somente esses. Claro que aceito e respeito a opinião de quem o acha 'o melhor' dos dois finalistas. :)