sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

#6 LETTER TO...

Já o li mais que uma vez e não consigo encontrar as palavras certas para te responder. Sempre dissemos que não éramos feitas de palavras mas... ultimamente é disso que temos sido feitas. São elas que nos têm feito companhia. Bem sei que já não nos vemos tão regularmente como há uns tempos atrás mas continuas a ser a mesma pessoa, e eu também. Talvez um pouco mudadas, é certo, mas em relação ao mundo e não a nós. Devo dizer-te que se há alguém a quem algum dia pude nomear de melhor amiga, e sabes que eu e as melhores amigas não somos propriamente amigas... se é que me faço entender, esse alguém foste tu! Não gosto de coleccionar melhores amigas aqui e ali, não gosto de atribuir estatutos a este ou aquele. Já tive provas mais do que suficientes de que nada disso vale a pena. Somos o que somos, para quê dar-lhe nomes? Há muito que és a minha gégé e, desde então, já me desiludiste tal como eu a ti. Mas estamos aqui, e continuamos de pé. Continuamos seguras de que vamos estar sempre aqui uma para a outra porque... esquecemos alguma vez parte do que somos? E, sempre que essa parte fores tu, formos nós, eu não vou esquecer um único pedacinho porque... I'm never gonna leave your side. Lembro-me de todos, e foram muitos, os momentos que passámos juntas. Lembro-me de te esticar o cabelo, de pintarmos as unhas uma à outra, de tentar vezes e vezes sem conta pintar-te os olhos porque não sossegavas... e, sabes que mais? Devo dizer-te que tenho saudades desses tempos. Tenho saudades de quando o mais pequeno gesto tinha uma importância gigante. Lembro-me essencialmente, daquele dia no Algarve... por entre lágrimas surgiu o sorriso e, naquele dia, só tu me conseguiste fazer sorrir. E isso, ainda que eu nunca to tenha dito, foi das coisas que mais me marcaram até hoje. Sei que algures no tempo houve coisas que se perderam, cumplicidades que se foram... mas sei também que se há alguém em quem posso confiar tudo, com quem posso sempre contar... esse alguém és tu! Vais sempre sempre a minha irmã gémea, ainda que mais nova, Inês Margarida da Costa Fernandes Carmo de Carvalho. E, ainda que nem sempre demonstre, fazes-me falta!


Obrigado por tudo 


1. YOUR SIBLING
2. YOU HAVE DRIFTED AWAY FROM
3. SOMEONE YOU JUDGED BY THE FIRST IMPRESSION
4. SOMEONE YOU DON'T TALK AS MUCH AS YOU'D LIKE TO

7 comentários:

m. disse...

"Lembro-me de te esticar o cabelo, de pintarmos as unhas uma à outra, de tentar vezes e vezes sem conta pintar-te os olhos porque não sossegavas... e, sabes que mais? Devo dizer-te que tenho saudades desses tempos"

Antes de aqui chegar, caiu uma ou outra lágrima, mas quando li estas palavras e o que só nós conseguimos ler nas entrelinhas, caíram muitas mais. O que temos, e já mostramos isso a tanta gente, é indestrutível, mas, e tu sabes melhor que ninguém, sinto tanto a falta das nossas sextas feiras, das nossas férias juntas, dos fins-de-semana na casa uma da outra, de dormir contigo, etc, tudo isso fez de nós aquilo que hoje somos, e como te disse na mensagem que te enviei no teu dia de anos, eu sei que agora não nos vemos tanto, mas eu tenho uma enorme vontade de mudar isso! Melhor amiga? aprendi que chamar-te isso, reduziria-te a menos do que aquilo que significas para mim, por isso, nunca to chamei, limitei-me a concordar com aqueles que o diziam, e a amar-te como mais do que isso. O momento mais marcante de todos, só tu lá estiveste quando mais ninguém esteve, e só tu me viste cair como mais ninguém viu, e como não podia deixar de ser, só tu soubeste como me levantar, e tu sabes melhor que ninguém a que me refiro. Se eu acredito em coisas eternas? parece que sim, pelo menos naquilo que sentimos. ly bebé (L)

maria inês disse...

ohw, que lindoo, adorei!

Manganet disse...

Mas deu para entrar normalmente ou não?

Manganet disse...

Ahaha :p

Viagem Sem Retorno disse...

Gostei...

Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

Ás de copas disse...

esta muito bonito, sem dúvida! o importante é que nunca deixem de lutar por essa amizade, momentos menos bons acontecem sempre, mas quando o que se sente é verdadeiro consegue-se dar a volta por cima.

bruninha. disse...

está lindo! preservem essa magnifica amizade, meus amores. :) <3