sexta-feira, 12 de junho de 2009

words, words, words.

Escrevi-te durante muito tempo em cadernos rasgados, por entre matérias variadas que deveria estudar... enquanto te escrevia! Escrevo-te agora, em cada palavra pronunciada em sussurro no ouvido, e todas elas soam ao mesmo;


'amo-te, amo-te, amo-te...'


uma repetição contínua da palavra, a única que parece fazer sentido... de entre muitas outras que entre nós ficam! É estranho escrever-te quando sinto que não há palavras para ti, nem palavra que te defina. Não há quando nem porquês, somos porque sim, não procuramos explicações. Somos porque somos e, se não o fossemos, não nos éramos. Sou-te enquanto me és, não porque um ou o outro é, mas porque sempre o fomos. Nunca gostei de acreditar em fantasias, em eternidades. Se a própria vida é efémera para que queremos uma eternidade? Sei que és o meu presente e espero dizê-lo todos os dias, mês após mês, ano após ano, todos os dias desta efemeridade em que vivemos. Não precisamos de frases feitas nem palavras bonitas, precisamos um do outro, apenas isso. Preciso de ti como tu de mim, e não precisaste nunca de o dizer. Não esperei encontrar-te tão cedo, receei mesmo nunca te encontrar... ou então, encontrar-te já velhinha, sentada num banco de jardim ostentando uns longos cabelos grisalhos. Mas não, tenho-te agora e... ficas sempre comigo?


mesmo que não fiques sempre, podes ir ficando?

35 comentários:

emily disse...

'uma repetição contínua da palavra, a única que parece fazer sentido... '

Fantástico.
O texto está fantastico, mesmo. Muitos parabéns, ganhas-te uma leitora :)

- bruna disse...

'mesmo que não fiques sempre, podes ir ficando?'

espero que fique :)
é tão bom quando nos sentimos felizes :D

GMDT sarinha (L)

Daniela. disse...

O 'para sempre' não é real, nós apenas queremos acreditar que sim. Mas independentemente disso, tenho a certeza que essa pessoa vai continuar a ficar contigo :)

c disse...

adorei adorei, :)

Paladar disse...

Espero que fiquem muito tempo :)

Inês disse...

gostei muito muito do texto :)
sabes, aprendi há uns dois meses que o 'para sempre' não existe, por muito que queiramos, e que é irreal pedir que fiquem connosco para sempre, ou prometer que para sempre ficaremos, porque nunca sabemos as voltas que a vida dá (:

ti em mim disse...

"Não precisamos de frases feitas nem palavras bonitas, precisamos um do outro, apenas isso."
esta frase diz tudo :)
adorei, mesmo =D

Davi(d) disse...

acho que nunca podemos usar a palavra "sempre".
nem no amor, nem sequer nas amizades.
para mim começava a ser palavra-tabu.
E sabes, gostei tanto do texto.
Principalmente da parte final :D
um beijinho e obrigado pelo comentário *

ana disse...

desculpa estar a comentar assim do nada, mas ao ler as tuas palavras enfeitiçei-me nelas e imaginei cada uma das situações. tens uma escrita que capta qualquer um :x
a serio, gostei muito dos teus textos (:

Inês disse...

Hm, tão apaixonada que ela anda :p @

ana disse...

estás a gozar? tens uma escrita bel clara e profunda. É daquelas escritas que dá vontade de ler mais e mais $:
Eu é que tenho de fazer das tuas palavras minhas, a minha escrita não é nada de mais, mesmo. :)

Afonso disse...

Um texto sem frases feitas, super bem escrito :D

Adoreii mesmo. Beijinho*

Adriana disse...

Gostei. *

Ana Monteiro disse...

Sara, parabéns! Gostei mesmo de ler.

*.*

João disse...

"mesmo que nao fiques sempre, podes ir ficando" ... perguntamos sempre isto... Texto lindo*

disse...

Adorei mesmo :$ Tens muito geito *.*
Beijinho

Inês disse...

Colocas sentimento em tudo aquilo que dizes...gosto =)

AF disse...

Onde é que modificaste o aspecto do teu blogue?
Desculpa perguntar.

Ana disse...

sara, desculpa por estar a comentar* nunca te vi, não te conheço nem nada que se pareça mas vim parar ao teu blog por acaso e ainda bem que isso aconteceu pois cada palavra que leio tua, retrata exactamente o que estou a sentir neste preciso momento (: adorei a maneira como escreves, escreves muito bem mesmo, gostava de saber escrever como tu!

AF disse...

obrigada.

U disse...

«Não precisamos de frases feitas nem palavras bonitas, precisamos um do outro, apenas isso. »
o contacto fundamental!
Sara (L)

disse...

que texto tão bonito! gostei mesmo muito!
«mesmo que não fiques sempre, podes ir ficando?» esta frase...diz-me tanto.

melz disse...

Este texto fez-me pensar em tanta coisa.. Ai :x

Munina disse...

Como eu gosto sempre dos teus textos *.*

*

Margarida disse...

:')

O texto acima é a letra de uma música da Mariza. :P

Sara . disse...

Adorei sarinha, está fantástico (:
Tudo dura para sempre, mas só enquanto dura. É por isso que se diz que o "para sempre" não existe. Ele existe, pelo menos até que nos pertença.

Beijinho *

idontwannagrowup disse...

Por vezes também acredito que nunca vou encontrar a pessoa certa, ou como tu dizes, só quando for muito velhinha :o Gostei mesmo muito do que escreves-te (';

filipa disse...

Ir ficando não é nada mau, visto que o para sempre pode ser muito relativo.
Gostei muito daqui.


Beijinho

L' disse...

«Sou do tamanho do que vejo, e não do tamanho da minha altura.»

Parabéns pelo texto, pelo BLOG :D

Vou seguir-te *

L' disse...

Da minha vida também :D
Eles merecem que se escreva sobre eles, que se ouça as músicas deles :')
Foi o meu 'apêgo' à banda que me permitiu escrever assim sobre eles :D

Obrigada ;D
X!
Beijinho'

L' disse...

Podes crer, foi um dos filmes que marcou a minha vida, apesar de só o ter visto há uns mesinhos (':

nao costumo ser muito chorona, mas neste .. xD

Beijinho*

O Profeta disse...

Recebi o beijo da chuva
Lavei a alma da amargura
Deixei que o vento me levasse
Na procura da vontade mais pura

Afastei o pecado
Travei uma batalha com o mal
Fui arcanjo em inventada demanda
Atravessei penosamente o canal


Boa semana




Mágico beijo

- A.S. disse...

parabéns,escreves muiiiiiiiito bem :o
sem palavras .. amei mesmo :'D

continua , por favor ;)

joana disse...

http://itsoundslikeperfect.blogspot.com/

é novo :b

adorei o texto +.+

ana cristina disse...

miminho para ti no meu blog $: