sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Amanhecer

- Não tenhas medo - murmurei. - Pertencemos um ao outro.

De repente, senti-me esmagada pela realidade
das minhas próprias palavras.

O momento era tão perfeito e verdadeiro,
que não havia forma de o negar.

Os braços dele rodearam-me
apertando-me contra si...
Uma corrente eléctrica pareceu
percorrer cada extremidade
dos meus nervos.

- Para sempre - confirmou ele.

Stephenie Meyer - Luz e Escuridão - Volume IV, Amanhecer.

10 comentários:

AF disse...

gostava de o ler.

ana cristina disse...

estou a ler esse livro $:

bruna, disse...

que excerto lindo :D (L)

Lis disse...

Que bonito texto :)*

AF disse...

Estás a gostar?

Inês Neto disse...

Amei os livros *.*

Amor (L)

U disse...

o amor escrito (:

bruna, disse...

selo para ti no meu blog, sarinha. :)
gmdt (L)

Marz disse...

A parte do para sempre é aquela que muitas vezes mais gostamos de ouvir mas dificilmente podemos verificar se é mesmo verdadeira.

AF disse...

vou começar a ler o amanhecer, terminei esta semana a Lua Nova, estou tão viciada ;D